Featured, Netflix

Séries Marvel na Netflix: os 7 melhores personagens graças aos seus atores

Existem várias razões pelas quais as séries da Marvel em parceria com a Netflix foram um sucesso e, a principal delas, são as inteligentes decisões de elenco. Sim, não podemos negar que cometeram alguns erros, como escolher Elodie Yung para atuar como Elektra ou Finn Jones para ser o Punho de Ferro imortal, mas em geral, as escolhas foram boas.

É por isso que reunimos esta lista com o que consideramos as melhores decisões de elenco nas produções da gigante do streaming.

1. David Tennant como Kilgrave

David Tennant como Kilgrave

Não se deixe enganar pelas aparências, Kilgrave é um dos vilões mais aterrorizantes da Marvel/Netflix, embora ele possa parecer uma pessoa calma e gentil. Esse contraste de características só pôde ser alcançado por um grande ator como David Tennant, que mergulhou profundamente nesse personagem. Os poderes de Kilgrave são simplesmente suas habilidades persuasivas extremas, e Tennent tira proveito deste aspecto para encantar o público e simultaneamente aterrorizá-lo. Nós aplaudimos quem sugeriu essa ideia de casting.

2. Charlie Cox como Demolidor

O homem que começou tudo. Sem Charlie Cox e sua imagem de Demolidor, o universo Marvel/Netflix provavelmente não teria subido e não teríamos as outras séries que chegaram posteriormente. E você realmente precisa ser um homem sem medo de se colocar no papel desse personagem após o desastroso filme de 2003. No entanto, Cox conseguiu capturar todas as complexidades de Matt Murdock e reproduzi-las na tela: sua culpa, sua determinação, seus ideais e até mesmo o seu carisma. Nada do que reclamar!

3. Jon Bernthal como O Justiceiro

De Martin Scorsese à Denis Villeneuve, Hollywood tem uma ótima opinião crítica sobre Jon Bernthal, e isso não é novidade. Embora ele ainda não tenha recebido uma variedade de papéis que expandam ainda mais o seu trabalho, Bernthal conseguiu colocar sua marca em cada um dos personagens que ele desempenhou. Dada a sua forte capacidade, oferecer-lhe a interpretação de Frank Castle é uma decisão que consideramos óbvia. Felizmente, Berthal estava disposto a assumir o papel e seu peso como ator de apoio na segunda temporada do Demolidor levou-o a obter sua própria série. A partir daqui, estamos felizes que, finalmente, tenha seu papel principal na televisão. Era hora!

4. Vincent D’Onofrio como Rei do Crime

Impossível esquecer Vincent. Sua performance foi quase tão importante quanto a de Charlie Cox pelo sucesso da primeira temporada do Demolidor. Como em muitos casos, o Rei do Crime é o vilão perfeito para o homem destemido: alguém com convicções igualmente poderosas e o mesmo objetivo, mas uma maneira muito diferente de alcançá-lo. E essa ideologia e motivação por parte de Wilson Fisk não são fáceis de capturar na tela, especialmente se, ao mesmo tempo, você deve ter uma “massa física” que leve toda a presença na frente da câmera. Vincent D’Onofrio consegue ser o rei do crime em todos os aspectos, desde sua terrível infância até seu presente perturbador. Impecável elenco para um dos melhores vilões do universo cinematográfico Marvel.

5. Krysten Ritter como Jessica Jones

Jessica Jones 2

Não foi nenhuma surpresa para ninguém que a talentosa Kristen Ritter pudesse nos dar um desempenho muito bom de Jessica Jones em sua própria série, embora ninguém esperasse o alto nível que recebemos. Jones é a personagem feminina mais complexa do universo da Marvel, e Ritter nos permite ver intimamente isso. As complexidades de Jessica Jones variam de seu alcoolismo até sua confiança ferida… ferida por seu passado com o vilão Kilgrave. Jones duvida o tempo todo de suas ações e Ritter floresce isso representando essa característica particular de seu personagem.

6. Scott Glenn como Stick

Ninguém nos estúdios Marvel ou Netflix considerava que o bastão era necessário para o bom funcionamento de Stick, até pensar em Scott Glenn. Pelo menos essa é a nossa suposição. Quem mais poderia assumir esse personagem? O antigo instrutor de artes marciais com mais de um segredo, habilidades requintadas para insultar seus próprios alunos e uma sede destruidora de sangue para separá-lo de sua semelhança com o senhor Miyagi. Se existe algo que Scott Glenn precisava para redimir sua aparência questionável em Sucker Punch- Mundo Surreal (2011), esse personagem incrível tocou perfeitamente.

7. Mahershala Ali como Boca de Algodão

Antes de levar para casa um prêmio do Oscar, Mahershala apareceu no universo Marvel e, embora de forma breve, nos deixou impressionados. Boca de Algodão é um personagem complicado para interpretar devido à sua particular mania de morder aqueles que não concordaram com ele. Felizmente, Mahershala escolheu outra rota e jogou este vilão com uma desejo palpável de poder e o jeitão de qualquer gângster bem-sucedido. Honestamente, a única reclamação que podemos deixar para a Marvel e a Netflix é que eles não nos permitiram aproveitá-lo por mais tempo.


Você concorda com nossa lista? Na sua opinião, quais foram as melhores decisões de elenco nas séries Marvel e Netflix? Deixe um comentário para nos dizer.

Deixe um comentário