O que a Marvel deve aprender com o trailer da Liga da Justiça

Publicidade

Você está prestando atenção, Kevin Feige?

0
55
liga da justiça trailer comic con 2017
Publicidade

Ainda há um grande ponto de interrogação sobre a Liga da Justiça. Os filmes DC em conjunto com a Warner Bros foram considerados falhos pela crítica por um bom tempo, mas este ano a Mulher-Maravilha veio mostrar que eles eram capazes de fazer melhores filmes.

A Liga da Justiça será tão fraquinha como Batman vs Superman ou Esquadrão Suicida? Ou o Universo DC manterá a qualidade definida por Gal Gadot e Patty Jenkins?

Bem, seja qual for o caso, eles podem ficar tranquilos pois o trailer mais recente da Liga da Justiça mostrou-se no mesmo nível dos filmes top da Marvel – e até melhor que vários deles.

Ultimamente, a Marvel Studios parece perdida no ”deserto” dos trailers. Os vídeos de Homem-Aranha: De volta ao Lar (reconhecidamente uma co-produção da Sony) apresentaram momentos de quase todos os set do filme, ao ponto de vermos o produto completo se tornar um jogo de adivinhar qual cena apareceria em seguida. O filme foi divertido, mas as surpresas foram mínimas.

Estamos antecipando um problema semelhante para Thor: Ragnarok, um filme cuja trama inteira parece ter sido planejada ao longo de dois trailers. Estamos ansiosos para ver o que Taika Waititi vai nos trazer, e temos certeza de que será uma diversão brilhante, mas poderia ter sido ainda mais, se o ar de mistério não tivesse sido tão disparado.

Eu particularmente ainda viajo nas histórias do Universo Marvel, pois sou um fã de carteirinha, mas eles estão cada vez menos surpreendentes, e minha excitação está diminuindo proporcionalmente. Os trailers são um fator definitivo nisso!

O último trailer da Liga da Justiça, por outro lado, é uma promoção muito mais inteligente. Em vez de distribuir grandes detalhes do enredo (os cortes são rápidos e não seguem progressão óbvia, como aconteceu em Batman vs Superman), ele se concentra no tom.

O que nos diz é que o tema central do filme será o trabalho em equipe – com algumas interações lançadas entre os personagens. Não é nada inovador, claro, mas é o que queremos de um trailer. Queremos saber o que esperar, e não ver todas as cenas-chave apresentadas uma após a outra.

O trailer também encontrou uma maneira de incluir o Superman de Henry Cavill (uma presença que era necessária em sua ausência) sem estragar seu inevitável retorno. Uma sequência de sonhos não é uma peça de grande inovação, mas o leva ao trailer, mantendo o mistério de onde e quando aparecerá em carne e osso.

Star Wars teve um problema semelhante com Rogue One, lançando várias provocações. Sua abordagem para Os Últimos Jedi tem sido muito mais parecida com a Liga da Justiça, com as imagens lançadas até agora, dando quase nada do enrredo.

O trailer da Liga da Justiça não é perfeito. As primeiras imagens revelam que Cyborg (Ray Fisher) não será o link mais fraco do filme (ou pelo menos o personagem mais subutilizado), e ainda estamos preocupados de que Jason Aquaman de Momoa venha a ser muito, muito irritante.

Mas o trailer dá o tom e provoca sem estragar. A Marvel poderia imaginar algumas coisas sobre como mostrar seus futuros filmes para que não estivéssemos cansados ​​deles antes mesmo de chegarem. Quem sabe – talvez seja por isso que estão levando tanto tempo com Vingadores: Guerra Infinita?

A Liga da Justiça será lançada no dia 17 de novembro, quando descobriremos se o filme faz o trailer. Apenas não mencione Suicide Squad .

A Liga da Justiça chega aos cinemas no dia 17 de novembro. Para mais novidades, fique de olho aqui no Jerimum Geek

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook

Deixe um comentário