Featured, Netflix

Jessica Jones é o diferencial da série Os Defensores

Jessica Jones 2

Sendo a mais recente produção da parceira Marvel/Netflix, Os Defensores chegou com muito alarde mas acabou trazendo uma trama mais ou menos, com os personagens sendo pouco explorados. A única pessoa que aparece como um diamante raro desde o primeiro episódio até o último é com toda certeza Jessica Jones.

[Aviso: spoilers para Os Defensores]

Com a exceção de Danny Rand (Punho do Ferro), a trama da série é sobre heróis relutantes. Matt Murdock (Demolidor) é um escravo de seu amor por Elektra e a incapacidade de não se envolver. Luke Cage parece que deve ao Harlem o herói que o bairro merece. Jessica Jones, no entanto, tem uma mente afiada e é uma boa pessoa, apesar de sempre recorrer ao whisky para esquecer dos problemas.

Punho de Ferro, Demolidor e Luke Cage assumem o papel de combater o Tentáculo porque se sentem obrigados a fazê-lo. Mas Jessica Jones não considera isso uma obrigação. Ela não tem uma conexão emocional com Nova York da mesma maneira que Luke Cage possue. Ela não é uma pessoa escolhida que deve salvar toda a civilização do mal. Ela se considera amaldiçoada com o dom de super-força que interfere em permitir que ela passe seus dias investigando figuras sombrias e noites sozinhas bebendo em um bar.

Jessica Jones não é um personagem feminino clichê, mas ela é confiável. Esse aspecto de sua personagem estava presente na primeira temporada da série solo quando estreou na Netflix em 2015 e está ainda mais óbvio em Os Defensores. Rodeada por pessoas que não questionam o que deve ser feito, a relutância de Jones em participar de um grupo de vigilantes é bem legal.

“Eu não quero acabar com essa antiga organização, só quero encerrar meu caso”, disse Jones ao Demolidor em uma cena. “Julgando pelo jeito que você entrou em ação, acho que você quer o mesmo”, disse Murdock.

Em um mar de super-heróis, Jessica Jones é a mais humana. Krysten Ritter, que retrata Jones, diz que é o desajuste do universo da Marvel, alguém que anda sozinho num canto escuro. Ela está sobrecarregada por suas habilidades sobrenaturais, que a maioria dos super-heróis retrata, mas suas histórias raramente exploram. Peter Parker, Tony Stark, Bruce Banner, Bruce Wayne e tantos outros não podem viver vidas normais por causa de quem são, mas Jessica Jones parece ser a única que reconhece que sua vida nunca mais será a mesma. Ela bebe porque ela tem que viver uma vida isolada; Ela se isola para que as pessoas não se machuquem; Ela bebe para esquecer que ela tem que estar sozinha.

Quando Jessica aceita que ela pertence a algo maior que ela mesma, um coletivo de super-heróis encarregados de salvar a cidade de Nova York, é esmagador. Ela não pode mais estar sozinha, escondida em seu apartamento quebrado e se deslocando pelos becos sombrios de Manhattan. Tornar-se parte de um grupo significa que ela é responsável por mais do que ela e significa aprender a confiar nos outros. Jessica tem que abrir seu coração e isso a petrifica.

Deixar as pessoas e cuidar dos outros é o primeiro passo para se machucar – e se esse não for o medo mais comum de todos, então não sei o que é.

É também o que faz de Jessica Jones um dos únicos personagens que você realmente deseja criar. Ela merece ter mais em sua vida do que um suprimento infinito de whisky e cerveja barata. Jessica Jones não é uma personagem qualquer, ela é inteligente além da crença e enfrentou horrores indescritíveis. Ela tem estado em modo de autodefesa há anos e é um casulo difícil de sair. É seguro e quente no casulo, coberto com uma segurança que desaparece no momento em que é despedaçada. Mas Jessica Jones merece ver a possibilidade de o que a vida lá fora poderia ser e é isso que eu continuava esperando ver em Os Defensores.

A série fica perto de dar a Jones o encerramento que ela precisa através de uma conversa íntima com Luke Cage no final, mas é insuficiente.

A série dos Defensores já está disponível na Netflix e você poderá saber mais novidades clicando aqui!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook.

Deixe um comentário