Featured, Series

Game of Thrones: por que Cersei precisa dos vagantes brancos?

cersei lannister game of thrones

A atual monarca dominante de Game of Thrones, Cersei Lannister, pode estar grávida, mas nunca esteve tão sozinha. Agora que Daenerys Targaryen e Jon Snow forjaram sua aliança, a Rainha Má está ficando sem tempo para garantir o Trono de Ferro. Enquanto os outros reinos possuem dragões, grandes exércitos e um arsenal arrasador, ela simplesmente possui o Banco de Ferro e a frota naval de Euron.

O mundo de Cersei está se desmoronando. Vimos a retaguarda do exército Lannister ser dizimada por Dany e Drogon, uma vitória tão devastadora que levou Cersei a aceitar sua iminente mortalidade. Embora ele tenha medo de sua irmã, o próprio Jaime disse a ela que eles não têm chance de sobreviver à força total do exército de Daenerys. Na falta disso, Tyrion entrou para contar ao irmão mais velho: “Daenerys ganhará essa guerra. Você é um militar. Você deve saber que não há como contornar isso.”

cersei lannister game of thrones Apesar das tentativas mais sinceras de Jaime de despertá-la para a verdade e fazer trégua com Daenerys, a arrogância de Cersei deixa pouco espaço para o compromisso. Ela não só rejeita todos os esforços na diplomacia, mas nega o perigo do assunto mais perturbador de todos – os vagantes brancos invadindo, ao dizer a Jaime: “Homens mortos, dragões e rainhas … o que quer que esteja no nosso caminho, vamos vencê-lo“. Cersei está resolvendo sobre a questão mais importante de seu tempo. Embora Qyburn possa dar seus escorpiões, remédio para curar Montanha e catacumbas cheias de incêndio, ele não pode ajudá-la a acabar com a marcha dos mortos vindo além do Muro.

Cersei Jaime Lannister Game of Thrones

No final dessa temporada, a líder Lannister terá uma última oportunidade para mudar de curso. Quando Dany e Jon trazem luz sobre a chegada do Rei da Noite, Cersei não poderá mais negar a presença dos Vagantes Brancos. Esta nova realidade a obrigará a reconsiderar sua posição na vinda da noite longa. Ela será portadora de uma criança (um potencial herdeiro do seu trono), ela tem Jaime de volta ao seu lado, e seu desejo de preservar seu reino está agora por um fio. Embora ela possa fingir desgosto sobre o nascimento da criança e até mesmo fazer aberturas na unificação, no entanto, Cersei provavelmente não verá a criatura morta-viva como uma razão para trabalhar com Daenerys. Em vez disso, ela mais provavelmente olhará os Vagantes Brancos como uma salvação para garantir sua liderança de longo prazo sobre os Sete Reinos.

Os Vagantes Brancos são indiscutivelmente a melhor coisa que já aconteceram a Cersei. Enquanto seus concorrentes correm para o norte para lutar contra o inimigo, pode desfrutar do conforto e dos climas mais quentes do castelo à beira-mar. Embora a neve com certeza em breve comece a cair em King’s Landing, não se engane: A casa Lannister repousa consideravelmente mais para o sul do que Winterfell (não obstante a geografia de Game of Thrones). Enquanto o Rei da Noite e seu exército provavelmente irão pra o norte e forçarão Dany e Jon a se retirarem, levará um bom tempo para chegar a Red Keep.

Enquanto respeitam a distância entre os reinos, Cersei usará seu posicionamento geográfico para sua vantagem. Enquanto ela prepara seu próprio exército para o próximo ataque, ela tem o luxo de várias opções: ela pode esperar por Dany e Jon para lutar contra os Vagantes Brancos – reduzindo seus números e tornando a ameaça geral do Rei da Noite consideravelmente mais leve para ela. Porém, quanto mais gente morrer nesse duelo, maior será o exército dos mortos e, talvez, Cersei não tenha se atentado a isso.

Por outro lado, ela pode simplesmente fugir de Westeros e se dirigir para o leste com seu admirador das Ilhas de Ferro enquanto toda a sangria do norte continua. Ou Jon e Dany podem matar o Rei da Noite, possivelmente impedindo que dominem Westeros, depois voltem para o sul com seus exércitos pela metade. Em seguida, Cersei pode ir para o combate, exterminá-los e acabar de vez com isso.

Embora ela não tenha a forte aliança que Jon e Dany estão criando, bem como as ferramentas que eles possuem, Cersei tem indiscutivelmente a melhor posição de qualquer um em Westeros. Enquanto o Rei do Norte e seus conselheiros provavelmente suplicarão a Cersei por seu apoio militar, ela é responsável por seu destino. Sua falta de ânsia é uma grande força. Tudo o que ela tem a fazer é assentir, prometer um certo número de tropas e material, depois rescindir o acordo, assim que os outros líderes se dirigem para a batalha. Cersei já provou ser tão astuta e interesseira que qualquer um.

Desde que ela ouviu falar de sua existência, Cersei temeu e desprezou Daenerys – o sobrevivente solitário da dinastia Targaryen. Ela é um elemento-chave da Profecia do Valonqar, contada por Maggy the Frog, que prometeu que, embora Cersei se tornasse Rainha, uma governante mais jovem e mais bela chegaria um dia para pegar tudo. Dany chegou a Westeros com seus (agora dois) dragões; o ódio de Cersei por ela não pode ser escondido. Ela nunca vai dobrar o joelho para ela, e ao invés de enviar seus homens para lutar em nome de Dany, ela logo deixaria o Rei da Noite acabar com sua rival. No reino da lógica torcida de Cersei, se ela não pode ter o que quiser, ela vai sair do caminho para garantir que ninguém mais o obtenha. Por enquanto, os vagantes brancos são o “trunfo” de Cersei Lannister na manga. O inverno está finalmente aqui, e a rainha pode ficar muito satisfeita com isso!

+ Preparados para novidades sobre Game of Thrones? Confira mais novidades aqui no Jerimum Geek

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook ou Twitter

Deixe um comentário