Animes, Featured

Dragon Ball Super: o retorno triunfante de Gohan e Piccolo no episódio 118

O fim de Dragon Ball Super está se aproximando e as equipes já estão se preparando para um final desconhecido. Desde que Goku e Jiren se enfrentaram, os diferentes guerreiros de todos os Universos foram derrubados um após o outro e, embora ainda existam concorrentes, os mais fortes já se foram. Este é o caso de Kale, Caulifla e Hitto do Universo 6, e o ”trio do amor” com Ribrianne à frente do Universo 2. Todos eles caíram derrotados diante de Goku e companhia, e agora que só faltam 13 minutos, a situação vai ficando cada vez mais perigosa. No entanto, o Universo 7 nos trouxe de volta uma estrela verde que finalmente brilhou.

Após a vitória da Androide 18 sobre a guerreira do Universo 2, agora o foco foi no outro confronto iniciado há várias semanas: Gohan e Piccolo estavam frente a frente com os dois lutadores restantes do Universo 6. Saonel e Pilina ainda não haviam mostrado seus verdadeiros poderes até agora, e os protagonistas enfrentavam dois rivais desconhecidos que pareciam esconder um segredo muito importante por dentro.

Por outro lado, a eliminação de Ribrianne foi um golpe para os espíritos de seus companheiros de equipe e para todo o universo, que estavam acompanhando o Torneio do Poder por uma transmissão ao vivo. Isso, no entanto, permite que os cidadãos comecem a enviar seu amor para Zirloin, Rabanra e Zarbuto, iniciando uma transformação. O mesmo aconteceu com os outros lutadores, agora o trio começou a brilhar e eles adquiriram novas formas muito semelhantes às que seus companheiros já haviam mostrado. Diante dessa situação, os androides chegam para ajudar Goku e igualam o combate dos três contra três.

Enquanto isto acontece, Piccolo mais uma vez demonstra suas habilidades de dedução e observação, descobrindo o que os Namekuseijin escondem – quase que instantaneamente. Após um ataque místico de Pilina, Piccolo descobre seus verdadeiros poderes. A dupla do universo 6 pára o tempo, mostrando que eles realmente possuem a força de todos os habitantes do seu planeta. Antes desse problema, Gohan decide proteger Piccolo para lhe dar tempo de recuperar as forças e atacá-los com seu famoso Makankosappo.

Depois de um tempo preparando a técnica, Piccolo a executa, mas para sua surpresa, não tem efeito sobre Pilina, e ele responde rapidamente com um Chou Makouhou. O festival de movimentos especiais dos Namekuseijin não pára de acontecer durante todo o confronto, finalmente colocando Piccolo em destaque, após vários meses sem qualquer tipo de papel em “Dragon Ball Super”. Agora, todos os guerreiros do Universo 7 tiveram seu momento de uma forma ou de outra.

Ao mesmo tempo que isso acontece, Goku, Androide 17 e Androide 18 continuam a trocar pancadas com os guerreiros recém-transformados, mostrando que eles ainda têm muitas forças. O Universo 7 segue na batalha para eliminar todos aqueles que se opõem a eles, mas como apontavam Whis, a fadiga começa a ter efeito. Isso não impede que, por enquanto, empurre o Universo 2 contra a parede, forçando-os a acumular mais amor e a lançar uma técnica definitiva que nem Ribrianne tenha conseguido dominar.

Desta forma, Zarbuto, Rabanra e Zirloin começam a brilhar: são colocados em formação e formam um coração gigante de cor preta chamado Buraco Negro. Esta técnica só é alcançada depois de superar o pesado fardo do amor e é conseguida concentrando-se em um único ponto criando uma máxima gravidade. Tal é o seu poder que, quando atinge os lutadores do Universo 7, eles não conseguem fazer qualquer tipo de movimento, e até mesmo o Goku não pode se teletransportar com o Movimento Instantâneo.

Mas então algo muda no ambiente, e as coisas começam a melhorar. Apesar de ter ativado o Migatte no Gokui duas vezes em menos de 5 minutos, Goku consegue superar a situação batendo o amor com motivação. Começa a acumular energia, transformar-se em Super Sayajin Blue e dispara um tremendo Kamehameha contra a prisão sobre a qual eles estão trancados. Ao mesmo tempo, Gohan, do outro lado do palco, parece sentir as intenções de seu pai, e como ele já fez para derrotar a Cell, ele sincronizou outro Kamehameha contra seus rivais.

A técnica de Gohan se choca com Chou Makouhou de Pilina em uma explosão de luz que coloca os dois guerreiros em seus limites. No entanto, de repente, Saonel agarra as mãos do Sayajin, passando por todas as técnicas e colocando Gohan em perigo real. Mas então vem o momento em que eles estavam esperando, e agora Piccolo faz um Makankosappo carregado ao máximo que cruza os dois Namekuseijin e os elimina de forma fulminante.

Por outro lado, o Kamehameha de Goku faz acontecer e consegue quebrar a zona de gravidade, eliminando Zirloin, Zarbuto e Rabanra. É assim que o Universo 2 e o Universo 6 são eliminados do Torneio de Poder e aproximam o momento final de “Dragon Ball Super”. Champa antes de desaparecer tem um momento emocional com Beerus, e Ribrianne diz adeus agradecendo a todos. Na próxima semana será a vez de Vegeta, e com apenas 13 minutos restantes, as coisas ficam mais e mais difíceis para o Universo 7. Será que eles poderão vencer finalmente?

Ansiosos pelos próximos episódios de Dragon Ball Super? Fiquem ligados aqui no Jerimum Geek

No sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook.

Deixe um comentário