Dark: uma série imperdível e ao mesmo tempo complicada de assistir

Publicidade

Misteriosa trama da Netflix fará você pensar duas vezes antes de entrar numa caverna

0
476
dark netflix

A Netflix parece ser um tanto parcial quando se trata de histórias incomuns de ficção científica.

Se você prefere assistir crianças que podem ver monstros de um universo paralelo (Stranger Things); ou uma mulher cega que supostamente pode dobrar o espaço tempo para curar outros (The OA); ou quem sabe estranhos lutando contra o mal através do compartilhamento de mente (Sense8), há muita ficção científica para curtir no serviço de streaming.

Dark, uma nova e intrigante série, é a mais recente adição ao mundo de terror de ficção científica da Netflix, que conta a história complexa do que acontece quando as crianças começam a desaparecer na pequena cidade alemã de Winden. Quatro famílias que dominam a cidade estão estranhamente interconectadas, e a história revela com detalhes como as ligações entre essas gerações agem diretamente no sumiço das crianças.

Se há algo que você deve saber logo de início, é que “Dark” é uma espécie de conto de fadas sinistro que centra a trama numa caverna sombrio – localizada na floresta da cidade.

Ao contrário do próprio tempo, “Dark” não é linear. Ele salta de uma época para outra e volta novamente em um único episódio. Quando personagens de diferentes períodos de tempo começam a interagir um com o outro, é confuso e divertido de acompanhar. Parece algo que só acontece em lugares bem remotos, mas em vez de uma ilha, é uma pequena cidade caracterizada por eventos estranhos e segredos ameaçadores.

Dark Netflix

“Dark” começa com uma tragédia que muda para sempre um adolescente chamado Jonas, que então gasta toda a série procurando um significado para o que aconteceu com a sua família.

O humor da trama parece ainda mais terrível quando Jonas se junta a seus amigos no meio da noite para sair na floresta perto da misteriosa caverna.

Claro, a caverna é muito mais do que uma caverna, e quanto mais episódios você assiste, mais você percebe que nada é como parece. A série se sente muito como um conto de fadas original dos Irmãos Grimm com o mesmo tipo de aulas de horror, violência e moral.

High tech vs. low tech

Você pensaria que uma trama de ficção científica como Dark teria alguns produtos eletrônicos bastante chamativos. Mas uma caverna, um bunker e uma máquina de trabalho de relógio manipulam o enredo de maneiras muito intrigantes.

Para navegar pelo labirinto de túneis dentro da caverna, Jonas usa um mapa desenhado à mão em vez do GPS do seu telefone.

O bunker, que parece um abrigo de invasão da Segunda Guerra Mundial, tem uma máquina elétrica semelhante a uma cadeira construída nos anos 50. Isso parece o tipo de cadeira que o Dr. Frankenstein usaria para o tratamento de choque elétrico, mas em “Dark” tem usos ainda mais assustadores do que algo fora de uma antiga sala de psicologia.

Há também uma máquina com o tipo de estética steampunk que seria mais adequada em um filme de fantasia de Guillermo del Toro. As engrenagens com detalhes de latão trazem uma agradável onda de enigma, mas não há nada de alta tecnologia nela.

O único bit de tecnologia real em Dark mostra o que acontece quando você perde seu iPhone no lugar errado e na hora errada. Depois de assistir a série, eu terei muito cuidado quando sair com meu celular (hahaha).

Procurando por pistas

Dark é qualquer coisa menos previsível, e não colhe os detalhes. É rico com acenos de mitos gregos, contos de fadas alemães, ciência, natureza e história.

As referências a tudo, desde o desastre nuclear de Chernobyl até o A Tábua de Esmeralda, tornam este o tipo de série que você deseja pausar e estudar várias vezes apenas para ver como essas pistas o ajudam a entender o enigma maior.

Após maratonar a trama e rever algumas cenas desta temporada, ainda me pego percebendo coisas novas. Certifique-se de assistir a série com as legendas. Muitas vezes, as legendas dizem algo diferente das vozes dubladas, o que me faz pensar se o texto revela ainda mais as pistas da trama.

Dark deixa você se perguntando sobre o que acabou de testemunhar, mas com fome de mais respostas. O último episódio da temporada acaba trazendo mais perguntas do que respostas, então espere ficar obcecado com essa série de flexões mentais por um tempo.


A produção estreou no Toronto International Film Festival 2017 e, embora na essência seja sobre um thriller misterioso, ele também interpreta o gênero do sobrenatural. Dark está disponível na plataforma de streaming.

Curtiu a novidade? Outras notícias da Netflix você confere aqui!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook.

Deixe um comentário