Featured, Netflix

A Netflix ficará bem, mesmo com uma dívida de US$ 20 bilhões e um futuro sem a Disney

novidades lançamentos netflix em 02 de agosto de 2017

Nos últimos meses, a Netflix foi forçada a defender sua posição de liderança como um serviço de streaming de alto nível. Quando o Los Angeles Times informou que a Netflix tinha mais de US$ 20 bilhões em dívidas, as pessoas se perguntavam sobre o futuro financeiro da empresa. Depois que a Disney confirmou que estava removendo seus filmes da plataforma até o final de 2019, as pessoas perguntaram o que isso significava para o futuro da Netflix. Após uma disputa entre a gigante do streaming e o Festival de Cinema de Cannes da França, surgiram questões sobre a forma como a Netflix trabalharia com distribuidores internacionais. Até mesmo diretores como Christopher Nolan encontraram uma maneira de dizer que nunca trabalharia com a empresa, porque toda sua existência era um insulto direto a como o filme deveria ser experimentado.

netflix seriesEm uma entrevista com a Variety, o chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, disse que a empresa sabia que haveriam saídas de estúdios como a Disney e a Fox, que começaram a tirar suas séries do serviço no início deste ano. Sarandos afirma que eles estavam apostando que isso iria acontecer, acrescentando que é por isso que eles começaram a investir fortemente em conteúdo original em 2015. Dois anos atrás, Sarandos disse que a Netflix estava pronta para gastar US $ 5 bilhões em conteúdo original. Em 2016, a empresa gastou US $ 6 bilhões. No ano que vem, a empresa vai gastar US $ 7 bilhões. Isso é perto de US $ 20 bilhões em três anos que a Netflix está pronta para investir na garantia de ter séries exclusivas.

A Netflix é especialmente boa em uma coisa: planejar com antecedência. Lembre-se, Sarandos disse que começaram a planejar há cinco anos para caso os estúdios como a Disney e a Fox viessem a sair. Avançando, um dos maiores medos de Sarandos é que esta tendência continue. “Quanto mais bem-sucedidas as séries, mais ansioso eu recebo a notícia sobre a vontade das redes de criarem suas próprias plataformas”, disse Sarandos.

netflix filmes seriesSe Sarandos e Reed Hastings conseguem atingir o objetivo de ter um conteúdo original na Netflix no patamar de 50%, isso significa que a Netflix não se torna apenas um serviço adicional, mas necessário para os públicos de TV. A Netflix que já está aceitando a saída da Disney – embora ainda considere a decisão uma grande perda para a empresa – busca trazer criadores e séries, pois as pessoas não podem viver sem novos conteúdos.

Uma prova disso? O acordo multi-milionário de vários anos entre a Netflix Shonda Rhimes. Rhimes, que se tornou uma das criadoras de televisão mais influentes e bem sucedidas, é um nome que as pessoas irão seguir. Ela é uma showrunner respeitada e que os fãs aguardam com ansiedade os novos trabalhos. Tanto, de fato, que Grey’s Anatomy continua sendo uma das séries mais bem sucedidas da ABC, mesmo depois de 13 temporadas e mais de uma década no ar. É por essa razão que a Netflix também está no encalço de Chuck Lorre, sem dúvida com a intenção de roubá-lo da CBS, além de Jerry Seinfeld. A Netflix sabe que precisa gastar muito para construir uma base de clientes dedicada que continuará crescendo mês após mês.

O crescimento do número de assinantes ainda é um dos objetivos mais importantes da Netflix e, de acordo com uma recente entrevista, o analista da UBS, Doug Mitchelson, disse que a empresa de streaming está no caminho certo para continuar expandindo. “Esperamos que a rampa de conteúdo original da Netflix continue a gerar aceleração das adições líquidas internacionais, especialmente porque a Netflix aumenta o investimento em conteúdo local no exterior e expande gêneros de filmes como a ficção”, disse Mitchelson.

No último trimestre, a Netflix adicionou 1,4 milhão de assinantes, não exatamente o número que a empresa esperava, mas um crescimento, no entanto. Grande parte do futuro da empresa depende do crescimento internacional, razão pela qual Sarandos e Hastings fizeram um impulso para mais conteúdo de anime e de Bollywood nos últimos anos.

“A América Latina tem sido um foguete para nós”, disse Sarandos a Variety. “A Europa Ocidental está crescendo bem. Estamos apenas entrando na Ásia. Temos tanto crescimento à nossa frente. Estamos focados em ‘Como conseguimos que as pessoas na Coréia nos amem tanto quanto no Kansas’?”

A Netflix está fazendo a única coisa que as grandes empresas de Blockbuster não conseguiram: julgar onde o mercado está indo e assumir riscos. Em vez de investir unicamente em executivos de conteúdo, Sarandos e Hastings querem saber como a Netflix pode expandir seu alcance. Como você puxa uma audiência de Shonda Rhimes? Como você atrai fãs de animes para a Netflix? Existe uma maneira de ter uma estreia no cinema em Cannes e atrair esses cinéfilos para assistir esse filme no sábado à noite no streaming?

Sarandos e Hastings pensam que existe – e estão gastando quase US $ 20 bilhões para descobrir. Eles também estão aprendendo que é hora de cortar custos, cancelar séries originais sem muito retorno e focar em novas tendências ou em séries que funcionam bem. Mesmo que a série Sense8 fosse amada, era caro fazer… e, não atrair uma boa  audiência, é algo que gera prejuízo. Hastings e Sarandos sabem que eles não têm que ter sucesso criticamente, mas eles têm que puxar as pessoas. É por isso que séries como 13 Reasons Why, um show que segue o suicídio de um adolescente e divide várias opiniões, foi renovado para uma segunda temporada. Embora a empresa não libere números de audiência, segundo o relatório, é um dos programas mais assistidos.

Os executivos da Netflix sabem o que estão fazendo. Com mais de 104 milhões de assinantes em todo o mundo, a Netflix ainda tem espaço para crescer e aprender. Mesmo com a dívida de US $ 20 bilhões e a perda da Disney, a empresa não vai parar por causa disso!

 + Confira outras novidades da Netflix clicando aqui!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site. Assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek. Se preferir curta nossa página no Facebook.

Deixe um comentário