Cinema, Featured

5 detalhes que você perdeu de Star Wars: Os Últimos Jedi

Você já teve um tempinho para conferir Star Wars: Os Últimos Jedi? Se sim, continue lendo. Se você não fez isso, deixe este artigo imediatamente de lado, já que irei colocar vários spoilers de proporções galácticas sobre o filme que acaba de ser lançado em cinemas do mundo todo.

Minha opinião sobre o filme em si é irrelevante no momento, quero apenas revelar os segredos e detalhes que, como espectador e fã, consegui perceber. São vários e são importantes. Se você não notou, não se preocupe: você tem que pensar muito no que você viu na tela para acabar caindo na real sobre tudo que aparece no filme, mas não é óbvio.

Aqui estão cinco detalhes que você pode ter perdido de Star Wars: Os Últimos Jedi.

1. Poe Dameron é responsável pelo extermínio da Resistência

Os rebeldes tiveram um plano para salvar a Resistência desde o momento em que foram presos pela Primeira Ordem: abandonar o navio principal e seguir em frente, sem ser detectado. O problema é que Poe Dameron e Finn ‘bolam’ um plano que eles consideram melhor e que, no longo prazo, apenas serviu para lançar o plano secreto de Leia ao mar.

Se Poe Dameron não tivesse se rebelado, a resistência em Star Wars 8 poderia ter evacuado todos os seus membros no tempo certo de fuga.

2. Os livros dos Jedi estão seguros

Yoda parece literalmente queimar a biblioteca dos Jedi. Supostamente, todo o conhecimento Jedi da antiguidade desaparece assim: mas isso é verdade? Não, não é. O rei já havia tomado os volumes originais da Ordem. Na verdade, eles aparecem em uma prateleira do Millennium Falcon em uma cena.

Você poderia dizer que Yoda ri no rosto de Luke naquela cena.

3. Onde Luke pegou o sabre de luz em sua última cena?

Quando Luke Skywalker aparece na base rebelde para enfrentar o Kylo Ren, todos assumem que ele está fisicamente lá. Então revela-se que é um holograma gerado pela força, mas há um detalhe que teria revelado que algo está errado… um dos detalhes de Star Wars: Os Últimos Jedi que todos ignoraram.

Que espada carrega Luke naquela cena? Seu sabre de luz azul está com Rey, lembra? A menos que ele tenha mais de um, Luke não só gera sua própria imagem, mas ele inventa um sabre imaginário.

4. A verdadeira motivação de Luke Skywalker

Luke Skywalker é o cara bom do filme, ou algo assim, porém, em mais de uma ocasião ele insinua que o importante é o equilíbrio da força. Em qualquer caso, ele sempre irá restabelecer o que quer que o Jedi ou o Sith faça.

O sacrifício final de Luke – a menos que Disney o explique – não é muito significativo. Se ele queria derrotar o lado obscuro, ele poderia ter enfrentado Kylo… isso também teria dado tempo para que os rebeldes escapassem.

A verdade é que a motivação de Luke pode ser diferente do que todos pensam. Talvez não seja para vencer o lado sombrio, mas para manter o equilíbrio a toda a força, e ter matado Kylo Ren teria definitivamente introduzido um desequilíbrio muito importante.

5. A força continua seu curso na cena final

Ok, talvez não seja um grande segredo em Os Últimos Jedi, mas você já viu a última cena? Bem, provavelmente a criança que aparece é sensível à força, o que continua seu curso além dos principais eventos da saga.

O que isso significa é que a “vida continua” e restabelece seu equilíbrio de maneira que ninguém pode controlar.

+ Confira mais novidades de Star Wars aqui no Jerimum!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site. Assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek. Se preferir curta nossa página no

You Might Also Like

Deixe um comentário