“Logan”: diretor explica por que o filme tem final feliz

Publicidade
0
84
logan
Publicidade

Este texto contém spoiler!

De acordo com o diretor James Mangold, o final de “Logan” deve ter espectadores chorando de alegria e não tristeza. Enquanto dói pensar que Hugh Jackman nunca retrata o mutante novamente, há um consolo no rosto que ele saiu no topo, preservando seu legado Wolverine para todos os tempos.

Logan: “queria um final diferente para o filme”, diz Hugh Jackman

Para derrubar o poderoso Wolverine, o um jovem, clone feroz de si mesmo, o X-24, que derrubou o último membro sobrevivente do X-Men. Mas, antes disso, Logan tornou-se o líder, o salvador mutante que seu querido amigo e mentor Charles Xavier esperava que ele se tornasse um dia. Ele também sentiu como era ter uma família própria em seus momentos finais, como quando Laura / X-23 o abraçou completamente como seu ‘papai’.

“Algo nasce de todas as tragédias. De muitas maneiras, eu olho para o filme e percebo que final feliz é”, disse Mangold ao Cinema Blend. “Pelo menos do ponto de vista do personagem de Wolverine, acho que, ao contrário de qualquer coisa que você viu nos últimos sete ou oito filmes, ele está feliz em seus momentos finais nesta terra, ele está feliz, ele se sente um pouco satisfeito.Poderíamos dizer em nossos olhares de despedida deste mundo que de repente saboreamos, sabemos tudo e sentimos como se tivéssemos de experimentar tudo. E eu acho que, de alguma forma, o desempenho de Hugh é realmente transcendente: ele comunica e nos deixa mais movidos do que despojados”, revelou o diretor.

Leia mais: Primeiro trailer de “Logan Noir”, filme em p&b, é divulgado; assista

+ Confira mais novidades do cinema aqui no Jerimum!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site. Assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek. Se preferir curta nossa página no facebook.