Deadpool junta-se ao Empire Hydra do Capitão América

Publicidade
0
250
Publicidade

Aviso: Este artigo contém SPOILERS para Deadpool # 32. Quando Deadpool fez o impensável e matou o agente Phil Coulson para o Capitão América, ele fez mais do que provar sua lealdade: ele ganhou um lugar como o principal assassino da Hydra. Na defesa do mercenário, Wade Wilson não sabia exatamente o que estava fazendo, nem porque estava fazendo isso quando Steve Rogers enviou a ordem para matar Coulson. Deadpool não sabia o que os leitores sabiam: que poucas horas antes de o Capitão América lançar sua aquisição da Hydra, Phil Coulson descobriu o enredo secreto e tentou detê-lo.

O desânimo de ver seu ídolo de toda a vida se transformar em um vilão teria sido ruim o suficiente, senão tivéssemos c visto o estrago causado pela bala de Deadpool plantada no peito de Coulson. Mas quando você também cresce idolatrando o Capitão América, só para que ele ofereça sua adesão como Vingador, você faz o que ele pede. Mesmo que isso signifique matar um dos agentes mais confiáveis ​​e queridos do governo – um agente que, segundo Steve Rogers, se tornou um inimigo dos Estados Unidos.

O fato é que Steve Rogers realmente queria dizer que Phil Coulson se tornara uma ameaça para os Estados Unidos ocupados pela Hydra, e teve que ser removido como resultado. E quando o ato foi executado, e Coulson saiu sangrando no chão de um restaurante… Steve estava lá para dar as boas-vindas a Wade Wilson nos braços da amizade.

Deadpool-Killed-Phil-Coulson-Comic

Para aqueles que perderam o evento nas páginas do Deadpool # 31, ficou claro que Steve Rogers reconheceu que até mesmo Deadpool pode não ter um gosto por matar antigos aliados para fins políticos. Wade Wilson teve perguntas, e Steve prometeu que elas seriam atendidas em breve (provavelmente quando a Hydra assumiu a América e proibiu as pessoas que a protegiam). Chamando o assassinato de Phil Coulson de “sacrifício necessário” para “regar a árvore da liberdade”, Steve deixou a cena para lançar o resto de sua aquisição hostil.

DEADPOOL, AGENTE DA HYDRA

Bem, quando dizemos “à direita do Capitão América”, nós realmente queremos dizer que Steve Rogers não faz uma aparição (não é surpresa que seu desapontamento e traição pareça se espalhar para quase todos). Em vez disso, o Deadpool fica com uma nova missão: rastrear os mutantes, os super-heróis e os ex-agentes da SHIELD que agora compõem a liderança e as fileiras da Resistência – a parte da resistência organizada que não foi morta quando o Capitão América eliminou Las Vegas para matá-los.

A boa notícia para os fãs da Marvel (e os próprios heróis da resistência) é que o Deadpool só está sendo pago para rastrear e apreender os heróis da lei fora – e não matá-los. O que significa que, quando o Deadpool pretende rastrear Speedball (tendo invadido a Hydra graças a seus poderes de desvio), é Wade quem acabou levando a pior nesse encontro.

DEADPOOL NÃO É MAU… APENAS NÃO TEVE ESCOLHA

Os fãs de longa data de Deadpool podem se surpreender ao ouvi-lo, mas como o império Hydra do Capitão América continuou apertando seu alcance no país, Wade Wilson parece estar entre os poucos leais ao Cap, que já estão ficando desiludidos. A menção da “prata” que ele está sendo pago por derrubar heróis anteriores é uma forte dica para o Judas que ele agora se vê assemelhado.

Nunca uma figura mudar de autoridade ou ideologia rapidamente, e os leitores já estão vendo frustração em Deadpool. Além de seus tiros sutis no mantra de Hydra (“Kale Hydra!”), Wade é um dos primeiros a descobrir a localização da sede da Resistência. Mas sua hesitação para denunciá-lo aos seus superiores pode significar uma mudança de fidelidade no futuro próximo.

Como o Capitão América vai levá-lo… bem, a incapacidade do Deadpool para ser morto pode ser útil.

Outras novidades da Marvel você confere aqui no Jerimum Geek

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook