Blame! ganha novel e novo mangá adaptado

Publicidade
0
360
Publicidade

A edição de março da revista Shonen Sirius da Kodansha anunciou que o mangá Blame! de Tsutomu Nihei está recebendo uma adaptação em novel escrita por Tow Ubukata (Ghost in the Shell Arise, Psycho-Pass 2).

Além disso, o mangá também está obtendo uma antologia de contos, escrita pelos seguintes autores de ficção científica: Issui Ogawa (The Lord of the Sands of Time), Nozomu Kuoka (série light novel Escape Speed), Tobi Hirotaka (Autogenic Dreaming: Interview with the Columns of Clouds), Denpō Torishima (Kaikin no Tada) e Mado Nozaki (Babylon, know). Kodansha e Hayakawa Publishing publicarão simultaneamente a novel e a antologia, respectivamente.

A edição também anunciou na que o filme animado Blame! receberá uma adaptação de mangá desenhado por Kōtarō Sekine (Ninja Slayer Kills).

O ano de 2017 marca o 20º aniversário de Nihei desde sua estreia como criador de mangás. Ele está lançando o manga Ningyō no Kuni (Country of Dolls) na edição de abril da Shonen Sirius, que será lançado no dia 25 de fevereiro. Esta é a primeira vez que Nihei vai publicar um mangá em uma revista shōnen.

O filme animado Blame! está estreando este ano como um filme original Netflix. Hiroyuki Seshita (Ajin), que anteriormente co-dirigiu a adaptação do anime Knights of Sidonia da série de mangá de Nihei, dirigirá o filme na Polygon Pictures. O próprio Nihei vai lidar com o roteiro do filme e design de personagem, e também está servindo como “consultor criativo.” Nihei discutiu o desenho de novos esboços para o filme no painel “Spotlight on Tsutomu Nihei” na Comic Con International, em San Diego, em julho.

O site oficial do filme descreve a história totalmente nova:


No futuro tecnológico distante, a civilização atingiu sua forma final baseada na rede. Uma “infecção” no passado causou nos sistemas automatizados a espiral fora de ordem, resultando em uma estrutura de cidade multi-nivelada que se reproduz infinitamente em todas as direções. Agora a humanidade perdeu o acesso aos controles da cidade, e é perseguida e purgada pelo sistema de defesa conhecido como Safeguards. Em um canto minúsculo da cidade, um enclave pequeno conhecido como o Eletro-Fishers está enfrentando a extinção eventual, preso entre a ameaça do safeguard e dos encanamentos de alimento. Uma menina chamada Zuru embarca em uma viagem para encontrar comida para sua aldeia, quando uma torre de observação percebe a presença dela e convoca um Safeguard para eliminar a ameaça. Com seus companheiros mortos e todas as vias de fuga bloqueadas, a única coisa que pode salvá-la agora é a súbita chegada de Killy, o viajante, em sua busca pelos Net Terminal Genes, a chave para restaurar a ordem do mundo.


Nihei lançou a história de ação de ficção científica Blame! como sua primeira série de mangá na revista Monthly Afternoon da Kodansha em 1997, e terminou em 2003. Tokyopop publicou o mangá de 10 volumes na América do Norte. Kodansha publicou uma nova edição em seis volumes do mangá no Japão em 2015.

+Confira mais novidades de animes aqui no Jerimum!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no facebook.