Atypical: “ninguém é normal” em novo featurette para a série da Netflix

Publicidade
0
143
Atypical
Publicidade

Atypical segue a vida de um adolescente com autismo, Sam (Keir Gilchrist), enquanto ele estuda no ensino médio – mas a série não é apenas sobre ele: também mostra as lutas que sua família atravessa e as tentativas equivocadas de sua irmã (Brigette Lundy-Paine’s) para parar o bullying na escola.

“O tema de Atypical é: ninguém é normal, mas Sam é provavelmente o mais normal de todos eles”, disse o criador da série Robia Rashid.

Esse sentimento é ecoado em um clipe que toca durante o featurette: “Às vezes, eu queria que eu fosse normal”, diz Sam. “Cara”, um amigo (Graham Rogers) responde. “Ninguém é normal”.

“Há algo de bonito em fazer uma série que é sobre um personagem com necessidades especiais, mas não é um show sobre as necessidades especiais”, acrescenta o diretor Seth Gordon. “Ele é apenas uma criança em uma família”.

Criada e escrita por Robia Rashid, a história de Atypical acompanha Sam (Keir Gilchrist), um jovem de 18 anos dentro do espectro autista que passa por todas as situações típicas de adolescentes entrando no ensino médio, como relacionamento com garotas e mais. O elenco também com conta com Jennifer Jason Leigh, Michael Rapaport e Brigette Lundy-Paine. A série estreia na Netflix no dia 11 de agosto e trará 8 episódios.


Atypical trailer:


atypical netflix sinopse trailerÉ um vídeo breve, mas o suficiente para fazer com que Atypical pareça encantador, sincero e engraçado. A Netflix vem aumentado o seu portfólio de comédia e, mais recentemente, com novas partidas como Santa Clarita DietDear White People, e os próximos Friends From College, também se tornou um líder apto para um humor pouco frequente.

Atypical, então, parece adicionar mais uma nova perspectiva para a crescente onda de comédias inventivas da gigante de streaming, especialmente porque ele se inclina para um ponto de vista subestimado e importante. Certamente, houve personagens autistas na televisão antes, mas é raro vê-los em um papel de liderança, e muito menos ter sua experiência sendo o foco. Rashid disse à USA Today que Atypical é uma história muito específica para um menino muito específico, mas, no entanto, a mensagem principal da série deve ser uma voz bem-vinda no fortalecimento das conversas sobre a diferença.


+ Curtiu as novidades de Atypical? Então, não perca o melhor da Netflix clicando aqui!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook.