Confira mais detalhes sobre o filme ”A Cura”

Publicidade
0
427
A Cura
Publicidade

O longa-metragem A Cura é uma obra que fala sobre culpa, dominação e paranoia. Com isso, o diretor Gore Verbinski quer retomar a forma clássica de como se fazia terror anteriormente e dar uma nova roupagem para ”A Cura”. Muitas das vezes retornar ao passado com esse tipo de história é como dar um tiro no escuro, porém o diretor Gore fez quase tudo na medida certa.

O ator Dane DeHaan interpreta Lockhart, um pequeno empresário que trabalha no setor de serviços financeiros na cidade de Nova Iorque. As coisas começam a sair do eixo quando Lockhart é descoberto por colegas de trabalho por conta de falsificações que realiza. Ele vê a ida para os Alpes suíços como uma saída, mas em meio a contra tempos, o jovem fica preso em um spa, quebra a perna e lá irá descobrir seus piores medos da pior forma possível.

Talvez os três roteiros diferentes que se encontram no filme se encaixem perfeitamente bem… ou não. Depende do ponto de vista do espectador.

No primeiro momento vemos Lockhart como um homem sozinho e que perdeu sua conexão com a sensibilidade humana, depois de ver o suicídio do pai. Já no segundo momento, vemos o personagem dentro de um sanatório passando por momentos macabros. No terceiro, aparece Hannah interpretada por Mia Goth, e Volmer (Jason Isaacs) que fala sobre a relação familiar conturbada e que agora é refletida no sanatório.

Sendo assim, os três roteiros estão de certa forma interligados e não importa a forma que isso nos é apresentando. O mais importante é que Lockhart nos faz mergulhar profundamente na história. É como se o diretor estivesse muito inspirado ao construir toda a trama estruturada no terror clássico, apesar de fazer com que o filme não funcione de forma completa. É interessante observar o quanto Verbinski se sobressai como um ótimo profissional em sua área, com uma imaginação fértil e surpreendente.

A Cura, filme A Cura, Fox film
Dane DeHaan é Lockhart em ”A Cura” (Foto: 20th Century Fox)

A Cura conta com Eve Stewart na direção de arte, o que o deixa ainda mais lindo e nos faz perceber que a história tem seu próprio lugar fora do tempo, apesar de se passar nos dias atuais.

Toda a estética do filme nos passa uma ideia de pesadelo: muitas vezes não sabemos o que é real e o que é fantasia. O surreal é pano de fundo em quase todos os momentos, mas isso não faz com que ”A Cura” seja inteiramente surreal. O filme será lançando dia 17 de fevereiro deste ano, aqui no Brasil, pela FOX Film do Brasil.

+ Gosta de filmes? Não perca as novidades novidades relacionadas ao filme ”A Cura” aqui no Jerimum, clique e confira mais!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site. Assim, você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir, curta nossa página no Facebook.