Os 6 animes mais superestimados de todos os tempos

Publicidade
0
615
Publicidade

Ao longo dos anos, os animes vêm ganhando popularidade internacionalmente e mais e mais títulos foram lançados. Com o número incontável das séries que estão sendo lançadas a cada ano, há muitas franquias que prendem uma base leal e forte de fãs. Mas, como todos os tipos de mídia, há controvérsias sobre quais séries são as melhores. No entanto, enquanto alguns fãs ranqueiam e disputam sobre uma determinada série, outros não tem o mesmo hype.

Com tantos ótimos animes por aí, algumas séries voam sob o radar ou são superestimadas por séries populares de longa duração. Esses animes têm uma base de fãs tão grande, que essas franquias gigantes podem continuar bombeando conteúdo e spin-offs, e esses fãs não se cansarão. Mas há o argumento constante de que algumas dessas séries populares não merecem ser tão populares quanto elas são.

Então, quais séries de anime são as mais superestimadas? Isso é o que nós aqui no Jerimum vamos mergulhar e ver agora. Confira:

6. BLEACH

Começamos a lista com um título de sucesso da Shonen Jump: Bleach de Tite Kubo. O título popular é elogiado frequentemente pela sua ação e arte, mas é carregado com abundância de fillers. Não só é o anime que falta desenvolvimento do personagem e direção, mas também tende a ter muitos fillers e longos arcos com história desnecessária. A série deveria ter parado quando estava à frente em vez de correr tanto tempo que acabou manchando a franquia com histórias inconsistentes. Descrição da série abaixo:

BLEACH segue a história de Kurosaki Ichigo. Quando Ichigo conhece Rukia, ele acha que sua vida mudou para sempre.

5. GINTAMA

Gintama é um anime de comédia que pode ser apreciado como o que é, uma simples série engraçada. Mas muitas pessoas dão grandes elogios como o “melhor anime de sempre” ou “incrível”, o que é simplesmente falso. Gintama é uma série de episódios motivados por paródia, geralmente é visto pela falta de direção e perde o apelo de não ter argumentos ou uma história ou desenvolvimento coerente. Descrição da série abaixo:

Em um mundo onde os aliens invadiram o Japão do Período Edo, arranha-céus, trens e motos substituíram a vida simples dos habitantes da Terra. Um homem no entanto, ainda carrega a alma de um samurai, Gintoki Sakata, também conhecido como Yorozuya Gin-san. Tão imprudente quanto ele, Gintoki assume sua própria determinação e está pronto para enfrentar qualquer desafio com seus companheiros.

4. POKÉMON

Pokémon é para os animes como Super Mario é para videogames. Todos sabemos que dificilmente alguém não tenha visto pelo menos um episódio do anime. Então, por que Pokémon é superestimado? Começa com Ash, o principal protagonista que faz o mesmo repetidamente, e nunca se torna o melhor treinador de Pokémon. Depois de algum tempo, fica muito chato quando a história é essencialmente a mesma a cada temporada. Pokémon como uma franquia é ótimo, e não há nada de errado com a sensação nostálgica de assistir a série original, mas, em geral, é apenas um divertido anime nostálgico e nada mais. A série é descrita abaixo:

Explore o mundo dos Pokémon com Ash Ketchum e seu parceiro Pikachu enquanto eles fazem novos amigos, conhecem poderosos Pokémon e visam o objetivo final de Ash: se tornar um Mestre Pokémon!

3. NARUTO

Uma das franquias mais populares da lista é o lendário Naruto. Mas só porque a série está superestimada, isso não significa que seja um anime é ruim, já que a franquia começou muito boa, mas muitos fãs de anime concordam que, após a primeira temporada, a série realmente perdeu sua essência. Cada um dos personagens tinha algo que os dirigia no início, mas depois das muitas temporadas e arcos da história de preenchimento aleatório, você perde a paixão e o desenvolvimento do personagem. Naruto ainda é altamente venerado e popular porque é a série com a qual muitos fãs de anime começaram. Uma descrição do anime pode ser vista abaixo:

A vila oculta da folha é o lar do ninja mais furtivo. Mas, doze anos antes, uma temível Raposa nove-caudas aterrorizou a aldeia antes que ela fosse subjugada e seu espírito selado dentro do corpo de um menino.

2. SWORD ART ONLINE

Sword Art Online é o número dois na lista, não porque é um dos piores animes, mas porque tem, sem dúvida, o maior hype de qualquer série na lista. O anime está em toda a internet, no entanto, não tem a qualidade para fazer backup. SAO explodiu em popularidade com uma base fiel de fãs loucos, e um filme recente. O resumo para o anime pode ser visto abaixo:

No futuro próximo, um Virtual Game Reality Massive Multiplayer Online Role-Playing Game (VRMMORPG) chamado Sword Art Online foi lançado, onde os jogadores controlam seus avatares com seus corpos usando uma peça de tecnologia chamada: Nerve Gear. Um dia, os jogadores descobrem que não podem sair, já que o criador do jogo os mantém cativos, a menos que eles alcancem o 100º andar da torre do jogo e derrotem o chefe final. No entanto, se eles morrem no jogo, eles morrem na vida real. A luta pela sobrevivência começa agora…

1. ONE PUNCH MAN

Um anime que causa muitas divisões pelo seu plot. Muitos que levam o anime pelo lado da zoeira colocam a série como sendo ótima, já outros que levam os plots de animes a sério acham uma perda de tempo devido ao personagem principal conhecido como Saitama derrotar todos os seus inimigos com apenas um soco, fazendo com que o protagonista não tenha um avanço no decorrer da história. O anime conta com vários momentos engraçados e com cenas de ação que fazem os fãs se apaixonarem pela obra. O anime é descrito abaixo:

O anime conta a história de Saitama, o humano mais forte do universo, em seu dia a dia como herói em uma versão do planeta Terra onde ataques, calamidades e monstros/mutantes/aliens determinados a destruir/dominar o mundo ou acabar com a raça humana são algo comum.

+ Confira mais novidades de animes aqui no Jerimum!

Neste sino do lado inferior esquerdo, você se inscreve pra não perder nenhuma notícia do nosso site, assim você ficará sempre por dentro das últimas notícias do mundo geek ou se preferir curta nossa página no Facebook.